N Engenheiros

Setor terciário está em rotura total em Portugal

A pandemia e o Estado de Calamidade estão a ter um efeito devastador no setor terciário em Portugal, pois segundo um inquérito da Fixando a 18.600 profissionais portugueses, entre 14 e 18 de Outubro, revela que 54% não obteve qualquer rendimento no 3º trimestre de 2020.

Neste 3º trimestre, ficou-se a saber também que os lucros médios mensais dos prestadores de serviços quebraram para os €746, quando a média em 2019 ascendia aos €1.026 mensais.

No que que respeita à expetativa futura destes profissionais inseridos na plataforma Fixando, a maior em Portugal para a contratação de serviços locais, constata-se que o objetivo para o 4º trimestre é atingir lucros mensais de €800 e recuperar para os €1.117 em 2021.

A Fixando revela ainda que 22% dos profissionais assumiu ter recorrido às seguintes ajudas governamentais: lay-off (39%), moratórias e créditos (57%), subsídio de desemprego (22%) e outros – MOE, créditos bancários, segurança social... – (17%).

Neste cenário, o inquérito indica que 68% dos prestadores de serviços considera que o atual Estado de Calamidade será devastador para os seus negócios, sendo que 43% afirma não ter capacidade de sobreviver mais do que 3 meses.

 

 

O que dizem alguns profissionais:

 

"Mais apoio para quem perdeu o emprego e acesso mais fácil ao incentivo. Menos burocracia e dar acesso a quem realmente necessita" - profissional de Assistência Técnica

 

"Oferecer fiabilidade no serviço online contemplando diminuição de custos/h pois as familias também estão em dificuldades e os alunos necessitas de cumprir objetivos "- profissional de Aulas

 

"Aulas online. Cedência de material informático a alunos carenciados" - profissional de Aulas

 

"Mais apoios à manutenção dos postos de trabalho, flexibilização para pagamento de impostos, apoios da banca mais alargados com medidas de apoio a Investimento para Micro Empresas" - profissional de Bem-Estar

 

"Ajudas mais generalizadas aos empresários em nome individual." - profissional de Outros Serviços

 

NOTA:

A Fixando (www.fixando.pt) é a plataforma online de origem portuguesa que facilita a contratação de serviços locais.

Opera desde 2017 em Portugal através da sua plataforma web e mobile, bem como da sua APP, e ajuda os utilizadores a simplificar o processo de contratação de um determinado serviço, quer se trate da contratação de um Eletricista, um profissional de Remodelações, um serviço de Catering, um Fotógrafo ou um Contabilista. Existem mais de 1.200 categorias de serviços disponíveis.

Para os profissionais, pequenas empresas e freelancers, a Fixando torna-se numa ferramenta privilegiada para a angariação de mais clientes e consequentemente o aumento do volume de negócios.

Em 2018, a Fixando foi distinguida com o prémio Portugal 5 estrelas 2018, tendo vencido na categoria “Plataforma online de contratação de serviços” e também com o prémio ACEPI Navegantes XXI, onde venceu na categoria de Melhor Inovação Digital do ano.

Já em 2019 a Fixando volta a receber o prémio Portugal 5 Estrelas na mesma categoria. 

 

Ademar Dias

Partilha este artigo