Rota do Petisco 2021

Serviços de apoio ao estudo e explicações em queda

O 2º confinamento afundou ainda mais o setor de apoio ao estudo/explicações e, comparando com o 1º semestre de 2020, o mercado já perdeu €99.000 em 2021 para um valor médio de €17/hora, anunciou a Fixando, depois de inquirir 10.300 utilizadores da sua plataforma sobre o impacto da pandemia no ensino, entre os dias 24 e 29 de maio passado.

Ainda assim, mais de 60% dos inquiridos considera recorrer a explicações e apoio escolar para os menores por considerar que o apoio que recebem na escola não é suficiente (39%), porque têm dificuldades específicas (32%), porque precisam melhorar as notas (24%), porque o apoio que recebem em casa não é suficiente (12%) e porque não confiam na qualidade do ensino oferecido pela escola (4%).

Na análise dos resultados, os Pais consideram também que as crianças e jovens foram prejudicados pelos confinamentos e que o encerramento das escolas e o teletrabalho alterou a dinâmica das famílias, pois 63% precisou ficar em casa com os menores para dar apoio e substituir os professores nas atividades letivas.

Por essa razão 66% não sabe analisar se o ensino à distância é uma opção muito positiva ou muito negativa, e 49% não sabe se a opção mista é muito viável ou pouco viável para as famílias no futuro.

Para já a grande preocupação centra-se nos exames nacionais deste ano, em que 74% não sabe se o desempenho dos alunos será muito positivo ou muito negativo.

 

Ademar Dias

Partilha este artigo

N Engenheiros