N Engenheiros

30% dos portugueses perderam 581 euros do orçamento para férias

Os dados foram divulgados pela Fixando, uma plataforma nacional para a contratação de serviços locais.

Os efeitos da pandemia continuam a fazer-se sentir na economia. Um estudo desenvolvido pela Fixando, uma plataforma nacional para a contratação de serviços locais, revela que o orçamento de 30% dos portugueses para férias perdeu 581 euros, em comparação com o ano anterior.

Estes dados resultam de um inquérito, levado a cabo pela plataforma, junto de 12 mil indivíduos, ao longo dos primeiros 15 dias de maio.

As conclusões revelam também que, entre os que planearam férias, 68% decidiram ficar em Portugal. Além disso, 38% decidiram cancelas as suas férias.

O mesmo estudo revela que as férias este ano são ainda uma incerteza, por causa da pandemia:

"Ficou-se a saber também que 75% dos portugueses não planeou ainda as suas férias para 2020, com 27% a alegar falta de rendimentos, 24% padece da incerteza no futuro e 14% tem medo de viajar perante a pandemia", pode ler-se em comunicado.

 

Ademar Dias

Partilha este artigo