// Página Inicial / Notícias / Sociedade
 
 
 
     
 
 
Ativar Tavira - o pulsar ativo da cidade





 
 
Queixas ao Provedor de Justiça aumentam 251%

Tavira, 8 Mai (Rádio Horizonte Algarve)


Mais de 27 mil pessoas apresentaram queixa, tendo sido abertos 7.000 processos, na maioria relativos a direitos sociais.


Partilhar no FB-Radio Horizonte Algarve

Mais de 27 mil pessoas queixaram-se junto do provedor de Justiça em 2012, um aumento de 251% em relação a 2011, das quais resultaram 7.027 processos, a maior parte relacionados com direitos sociais e dos trabalhadores.

Estes dados constam do relatório de atividades do provedor de Justiça de 2012, e onde Alfredo José de Sousa revela que recebeu 27.218 queixas, mais 19.465 que em 2011.

Do total de queixas, o provedor determinou a abertura de 7.027 processos, tendo ainda aberto outros 12 por iniciativa própria, o que dá um total de 7.039, mais 1.215 (21,1%) do que em 2011.

Entre os 27.218 queixosos, 26.745 são pessoas singulares e foi neste número que se registou «um grande aumento», já que foram 7.341 em 2011.

Segundo o provedor, este aumento pode ser explicado com a «concentração de muitos milhares de queixas em questões como a decorrente do Orçamento do Estado, no que toca à suspensão do pagamento dos subsídios de Natal e de férias».

Dentro dos assuntos que motivaram mais processos, surge a segurança social em primeiro lugar (1.715), logo seguido da relação de emprego público (796) e da fiscalidade (654).

Apesar de ter sofrido uma quebra de 2% relativamente a 2011, a administração central continua a ser a entidade mais visada, com 3.895 processos, aparecendo a administração indireta e autónoma em segundo lugar com 2.069 processos, o que representa um aumento de 4% face ao ano anterior.

Já no que diz respeito à distribuição dos processos, o Ministério da Solidariedade e Segurança Social continua a liderar, sendo o alvo de 1.469 processos, mais 336 processos do que em 2011. Logo atrás, mas com alguma distância, continua o Ministério das Finanças, com 586 processos, menos 100 do que em 2011.

Em comparação com 2011, o Ministério da Educação e da Ciência conquistou posições e conseguiu passar do quarto lugar, com 313 processos, para o terceiro lugar em 2012, com 458 processos, o que representa um aumento de 46,3%.

Dentro do ministério de Nuno Crato, segundo o provedor, o peso dos processos em matéria laboral tem-se agravado, passando de 65% do total em 2011 para 70% o ano passado, havendo uma evolução contrária no Ministério da Saúde, que passa de 42% para 30%.

Ao nível dos municípios, é Lisboa que tem mais processos (92), logo seguido de Cascais (27) e Amadora (17).

Passando do setor público para o privado, foram instaurados 54 processos contra sociedade comerciais, 41 contra bancos e outros 14 contra seguradoras.

Quase um em cada quatro processos abertos pelo provedor de Justiça em 2012 está relacionado com direitos sociais, cujos casos têm vindo a aumentar de ano para ano, atingindo os 1.670.

Depois de em 2010 terem sido abertos 1.004 processos sobre matérias relacionadas com direitos sociais, em 2011 aumentaram para 1.168 (+16%) e foi «manifestamente ultrapassado» em 2012 com 1.670 processos, o que representa um crescimento de 43%.

O sistema de segurança social motivou 1.311 processos, mais 175 do que em 2011, o que representa um aumento de 15,4%.

Dentro do sistema de segurança social, 839 processos diziam respeito a prestações. Destas, o desemprego foi razão para 188, logo seguido pelas prestações relativas à velhice (172) e pelo rendimento social de inserção (70).

 

Ademar Dias

A Rádio Horizonte Algarve, RadioHorizonte.com e AlgarveNoticias.com privilegiam as notícias que julgam ter mais interesse para todos os seus ouvintes e leitores, principalmente em todos os concelhos algarvios: Albufeira, Alcoutim, Aljezur, Castro Marim, Faro, Lagoa, Lagos, Loulé, Monchique, Olhão, Portimão, São Brás de Alportel, Silves, Tavira, Vila do Bispo e Vila Real de Santo António.

Ler Comentários Desta Notícia Imprimir Recomendar
   
   
 
   
 
     
Pesquisa
Data Início
Data Fim
Procurar:
Secção
 
 
 
 
 
 
 
      Rádio Horizonte Algarve - © Todos os direitos reservados