N Engenheiros
Promoção residencial cresce 20% em 2019 com novos fogos em licenciamento

A promoção de habitação em Portugal cresceu 20% em 2019, em termos homólogos, registando cerca de 47.150 novos fogos em processo de licenciamento, distribuídos por aproximadamente 19.040 projetos, divulgou hoje a Confidencial Imobiliário.

 

Vidreira Louletano

Infiltração Zero

A promoção de habitação em Portugal cresceu 20% em 2019, em termos homólogos, registando cerca de 47.150 novos fogos em processo de licenciamento, distribuídos por aproximadamente 19.040 projetos, divulgou hoje a Confidencial Imobiliário.

"O ano de 2019 voltou a apresentar um reforço da promoção de habitação em Portugal (Continental), registando a entrada de cerca de 47.150 fogos em processo de licenciamento. Tal reflete um crescimento de 20% face aos cerca de 39.430 fogos contabilizados no ano anterior", lê-se num comunicado enviado pela Confidencial Imobiliário.

Os fogos em licenciamento em 2019 distribuem-se por cerca de 19.040 projetos, mais 12% do que os cerca de 17.040 registados em 2018, refere.

De acordo com as informações que resultam da base de dados 'Pipeline Imobiliário', apurados com base nos pré-certificados energéticos emitidos pela ADENE - Agência para a Energia, a construção nova foi responsável por 81% dos fogos lançados em 2019, num total de cerca de 38.215 unidades.

Já as obras de reabilitação geraram uma carteira de cerca de 8.930 fogos, o equivalente aos restantes 19%.

"Em ambos os segmentos, a nota foi de crescimento face à atividade do ano passado, embora a carteira de construção nova tenha aumentado 21% e a da reabilitação 13%", refere o comunicado.

Quanto a localizações geográficas, a Área Metropolitana de Lisboa (que engloba 18 municípios divididos pelas duas margens do rio Tejo) "continua a ser o principal destino da promoção residencial", concentrando 27% dos fogos em 'pipeline' no país, num total de aproximadamente 12.620 unidades.

No entanto, foi a Área Metropolitana do Porto (composta por 17 municípios) que registou o maior crescimento no 'pipeline' de habitação, com a entrada em licenciamento de 8.950 fogos em 2019, mais 51% face a 2018, o que representa 19% da carteira nacional.

No Algarve, o 'pipeline' anual estabeleceu-se em cerca de 4.000 fogos (mais 15% do que em 2018) e nas restantes zonas, o pipeline residencial aumentou entre 15% e 20%, com carteiras a oscilar entre os 1.105 fogos do Alentejo e os 11.260 fogos da região Norte.

Destacam-se ainda os concelhos de Vila Nova de Gaia, Braga, Matosinhos e Cascais, com carteiras que oscilam entre os 1.000 e os 1.500 fogos em 'pipeline'.

A Confidencial Imobiliário é um 'databank' (base de dados), sendo a única fonte em Portugal com dados estatísticos sobre preços reais de transação e contratos de arrendamento de imóveis residenciais, bem como sobre os novos projetos imobiliários em carteira, lê-se na página oficial na Internet.

 

Ademar Dias

ÚLTIMAS

Há: 47 minutos

Há: 3 horas

 

Localização

Rua dos Pelames - Terminal Rodoviário, 1º Andar 8800 Tavira, Portugal

 

 

 

 

 

Contactos

Telefone: +351 281 380 240

Emails:

Geral: horizontealgarve@gmail.com

Secretaria: horizontesecretaria@gmail.com

Redação: horizontenoticias@gmail.com

 
Zircon - This is a contributing Drupal Theme
Design by WeebPal.