N Engenheiros
Loulé: música proporciona encontro inédito

Encontro Inédito no Cine-Teatro Louletano junta Sérgio Godinho, Ana Bacalhau, Vitorino e Jorge Benvinda ao Grupo Coral Infantil de Loulé.

 

Vidreira Louletano

Infiltração Zero

“Canções de Roda, Lenga Lengas e Outras que Tais” estreia no sul do país em Loulé, no palco do Cine-Teatro, a 22 de setembro, pelas 17h00, num encontro inédito entre o coletivo de luxo formado por Sérgio Godinho, Ana Bacalhau, Vitorino e Jorge Benvinda e o Grupo Coral Infantil de Loulé dirigido pelo Professor Ricardo Silva. É uma surpreendente incursão no nosso cancioneiro e património popular infantil (com novos arranjos) ou nele inspirado.

Entre canções de roda, histórias, lengalengas, somos levados a viajar à nossa infância, capazes de despertar as mais longínquas recordações e sentir as emoções de então. Mais do que isso, este será o veículo para fazer os mais pequenos (que hoje são filhos, sobrinhos ou netos) reviver com os mais velhos essas histórias e canções dançadas, puladas, esgrimidas, que criavam sonhos incríveis.

A estes intérpretes juntou-se Filipe Raposo, que criou belíssimos arranjos e dirigiu um valoroso naipe de músicos que tocou de uma forma maravilhosa o repertório por todos escolhido, e ainda Cláudia Guerreiro, autora das maravilhosas ilustrações que ampliam este belo universo tão rico e inesgotável.

Para António Manuel Guimarães, diretor artístico do Festival Sol da Caparica (onde estreou este espetáculo) e responsável pela encomenda do mesmo, “muitos ainda se lembram das canções de roda que cantámos e dançámos nas ruas, pátios das escolas, com os nossos familiares e amigos, quer no campo quer na cidade. Todos se lembram de fantásticas histórias que os mais velhos, os nossos avós e pais nos contavam, mais ou menos eruditas, mas sempre belíssimas aos nossos ouvidos, capazes de despertar as mais longas viagens pelo mundo fora e sentir emoções incríveis, do medo à alegria, da tristeza à euforia. ‘Canções de Roda, Lenga Lengas e Outras que Tais’ aparece com o propósito de trazer de novo à tona um pouco desse universo que tem estado submerso nos últimos tempos”.

O espetáculo tem duração aproximada de 90 minutos, destina-se a maiores de seis anos e tem um custo associado por pessoa de 14 euros, passando para 12 euros no caso dos maiores de 65 e menores de 30 anos, sendo o Cartão de Amigo aplicável a este evento.

Para mais informações e reservas os interessados podem contactar o Cine-Teatro Louletano pelo telefone 289 414 604 (terça a sexta-feira, das 13h00 às 18h00) ou pelo email cinereservas@cm-loule.pt. Além disso, podem consultar a sua página de facebook – www.facebook.com/cineteatrolouletano ou o seu renovado website http://cineteatro.cm-loule.pt, ambos em permanente atualização, bem como a sua conta no instagram (cineteatrolouletano), existindo também a possibilidade de compra de ingressos nos locais aderentes ou on-line através da plataforma BOL, em https://cineteatrolouletano.bol.pt/

O Cine-Teatro Louletano é uma estrutura cultural no domínio das artes performativas da Câmara Municipal de Loulé e está integrado na Rede Azul – Rede de Teatros do Algarve e na Rede 5 Sentidos.

 

Ademar Dias

ÚLTIMAS

Há: 4 horas

Há: 22 horas

Há: 1 dia

 

Localização

Rua dos Pelames - Terminal Rodoviário, 1º Andar 8800 Tavira, Portugal

 

 

 

 

 

Contactos

Telefone: +351 281 380 240

Emails:

Geral: horizontealgarve@gmail.com

Secretaria: horizontesecretaria@gmail.com

Redação: horizontenoticias@gmail.com

 
Zircon - This is a contributing Drupal Theme
Design by WeebPal.