N Engenheiros
Ensino superior: engenharia e cursos técnicos são os mais procurados

À semelhança de 2018, os cursos da área de estudos de “Engenharia e Técnicas e afins” são não só os que registam as notas de entrada mais alta, mas também os com mais vagas preenchidas, sendo que, neste ano, foram colocados 7.545 estudantes.

 

Vidreira Louletano

Infiltração Zero

A Direção-Geral do Ensino Superior (DGES) revelou que para o ano letivo de 2019-2020 são esperados cerca de 77.000 novos alunos, numa estimativa que tem por base os resultados da primeira fase. Divulgados a 8 de setembro, estes demonstram um aumento de 1,2% relativamente a 2018 no que toca ao número de colocações: este ano, de 51.036 candidatos foram colocados 27.280 no ensino universitário e 17.220 no politécnico, num total de 44.500 estudantes, sendo que 53% conseguiram ficar na sua primeira opção.

Para a segunda fase, cujos resultados são conhecidos no dia 26 de setembro, sobram 6.734 vagas, das quais 1.846 na área de estudos “Engenharia e Técnicas e afins”. No total, existiam 9382 lugares disponíveis para candidaturas, tendo sido preenchidos 7.545.

No que diz respeito às notas de entrada mais altas, o top cinco deste ano, à semelhança do anterior, situa-se também na área das tecnologias. O curso de Engenharia Aeroespacial do Instituto Superior Técnico da Universidade de Lisboa sagrou-se como o primeiro, com 18,95 valores do último colocado. Ainda na mesma instituição, segue-se Engenharia Física Tecnológica com 18,88.

Já no terceiro e quarto lugares, ambos com 18,65 valores, surgem os cursos de Bioengenharia e de Engenharia e Gestão Industrial da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto. Tal como em 2018, Matemática aplicada e computação, no Técnico de Lisboa, mantém-se nos 18,35.

Os resultados divulgados pela DGES revelam também uma evolução relativamente a 2018 em indicadores relacionados com promoção de um maior e mais inclusivo acesso ao ensino superior. Por exemplo, a colocação em ciclos de estudos que visam a formação em competências digitais, registou um aumento de 4%, tal como a ocupação de instituições localizadas em regiões com menor pressão demográfica, a qual cresceu 2,6%. Já o número de colocados através do contingente para estudantes com deficiência verificou também um aumento de 21%.

 

Ademar Dias

ÚLTIMAS

Há: 8 horas

Há: 1 dia

 

Localização

Rua dos Pelames - Terminal Rodoviário, 1º Andar 8800 Tavira, Portugal

 

 

 

 

 

Contactos

Telefone: +351 281 380 240

Emails:

Geral: horizontealgarve@gmail.com

Secretaria: horizontesecretaria@gmail.com

Redação: horizontenoticias@gmail.com

 
Zircon - This is a contributing Drupal Theme
Design by WeebPal.