N Engenheiros
Ecletismo e ousadia na programação da rentrée do Cine-Teatro Louletano

Setembro é mês de rentrée para o Cine-Teatro Louletano com vários espetáculos absolutamente marcantes e únicos, a pensar nos diversos públicos e continuando assim a apostar numa programação artística diferenciadora e arrojada a sul.

 

Vidreira Louletano

Infiltração Zero

Setembro é mês de rentrée para o Cine-Teatro Louletano com vários espetáculos absolutamente marcantes e únicos, a pensar nos diversos públicos e continuando assim a apostar numa programação artística diferenciadora e arrojada a sul.

Levanta-se o pano para receber um grande nome do teatro nacional, o do jovem mas experimentado ator Ivo Canelas, e que nos traz o aclamado monólogo “Todas as Coisas Maravilhosas”, no dia 14 de setembro, sábado, às 21h30, e no dia 15 de setembro, domingo, às 18h00 e às 21h30. Trata-se de uma peça com muito humor, escrita pelo britânico Duncan Macmillan, que estreou no prestigiado Fringe Festival em 2013 e já foi apresentada em diversos países. Apesar do tom cómico, neste espetáculo fala-se de temas sérios: a depressão, as crises existenciais, a família e o amor são alguns deles.

18 de setembro é dia de internacionalização, já que sobe ao palco um músico considerado pelo público e pela crítica “uma das novas revelações da nova música brasileira”. Referimo-nos a Tim Bernardes, músico, compositor, produtor musical e multi-instrumentista. Tim já trabalhou com nomes como Tom Zé e David Byrne, entre outros. Com a sua banda, “O Terno”, tem três discos e um EP lançados, todos com composições da sua autoria. A solo estreou-se em setembro de 2017 com “Recomeçar”, que esteve nas principais listas de melhores álbuns desse ano, e que traz agora ao Cine-Teatro Louletano em absoluta estreia a sul do país.

Mas setembro é também mês de programação para crianças e jovens que não assistirão apenas, senão também participarão através do Grupo Coral Infantil de Loulé no espetáculo “Canções de Roda, Lenga Lengas e Outras Que Tais” com os prestigiados cantores Sérgio Godinho, Vitorino, Ana Bacalhau e Jorge Benvinda, numa surpreendente incursão no nosso cancioneiro e património popular infantil (com novos arranjos), ou nele inspirado.

E haverá novamente teatro para dia 27 (sexta-feira), desta feita com a Companhia João Garcia Miguel, num regresso ao Cine-Teatro Louletano, trazendo-nos “Medeia”, peça da qual faz parte um convidado muito especial: o exímio pianista Mário Laginha. Uma primeira ideia que se destaca desta peça é a sua relação entre o passado e o futuro. Esta obra mantém uma atualidade e pertinência que permite refletir sobre a diminuição do poder simbólico no mundo contemporâneo. O texto de Eurípides propõe questões sobre o papel do feminino na redefinição do tecido político e social, bem como acerca das questões sobre as transformações das relações interpessoais.

Pela primeira vez na programação do Cine-Teatro Louletano, há lugar para as “Temporadas Russas” e o Festival de Arte Russa Clássica e Contemporânea, cujo programa inclui: um momento musical de Mikhail Shumov (violoncelo), o espetáculo musical dos romances russos na interpretação de Oleg Pogudin (voz) e quinteto, a exposição fotográfica “A arte de viver” e o buffet russo (mesa tradicional russa para os visitantes do festival), tudo a decorrer no dia 29 de setembro, domingo, com entrada gratuita.

Fora de portas, em esforço de descentralização da oferta cultural e da programação para o interior do concelho, atuará o Ensemble Trisonante, em Querença, na Fundação Manuel Viegas Guerreiro, no dia 28 de setembro, sábado, pelas 18h00. São três prestigiados músicos que, oriundos de Viena (Austria), trazem a essência da música de câmara às salas de concertos, através de uma das mais clássicas formações existentes- o trio de piano. Os trios de Beethoven, Schubert e Shostakovich - aí apresentados - são obras que, para além de possuírem uma óbvia individualidade estilística, representam o vasto conhecimento que os três compositores revelam do mundo musical e das épocas em que foram criadas.

O mesmo dia é rico em apresentações, já que decorre, pelas 21h30, no Auditório do Solar da Música Nova o lançamento mundial do primeiro álbum de uma banda carismática e única, os Plasticine, constituída por músicos de todo o Algarve, do sotavento ao barlavento, e com uma composição que os próprios apelidam de “plástica” e “moldável”.

E, pela manhã, uma extensão do FOMe - Festival de Objectos e Marionetas & Outros Comeres, das 11h00 às 12h00, no Claustro do Convento do Espírito Santo. Dirigida a miúdos e graúdos, dos 8 aos 88 anos, decorrerá naquele espaço a apresentação do espetáculo “Miscelânea”, da autoria do Clube de Manipuladores de Faro, fundado há um ano, na anterior edição do festival, por um conjunto de entusiastas que continua com vontade de aprender e brincar com os objetos, os fantoches e a manipulação. “Miscelânea” traz-nos uma oferta de mini-espetáculos, instalações e surpresas. E no âmbito do mesmo Festival, a Companhia Cengiz Ozek, da Turquia, apresenta no Auditório do mesmo Convento, “Garbage Monster”.

Finalmente, um destaque também para a RHI (Revolution_Hope_Imagination), uma iniciativa do ArteInstitute, sediado em Nova Iorque, que se pretende aceleradora de um novo diálogo entre a arte, a cultura e o negócio através de talks, workshops e espetáculos multidisciplinares, a qual encerrará a 21 de setembro precisamente em Loulé trazendo a sul programadores internacionais e outros profissionais, e criando espaço em Loulé para a apresentação e valorização/promoção de projetos artísticos sediados no Algarve através da realização de vários showcases.

Setembro revela-se, assim, um mês muito eclético, com uma oferta cultural diferenciada e destinada a diferentes públicos.

Para mais informações e reservas os interessados podem contactar o Cine-Teatro Louletano pelo telefone 289 414 604 (terça a sexta-feira, das 13h00 às 18h00) ou pelo email cinereservas@cm-loule.pt. Além disso, podem consultar a sua página de facebook – www.facebook.com/cineteatrolouletano ou o seu renovado website http://cineteatro.cm-loule.pt, ambos em permanente atualização, bem como a sua conta no instagram (cineteatrolouletano), existindo também a possibilidade de compra de ingressos nos locais aderentes ou on-line através da plataforma BOL, em https://cineteatrolouletano.bol.pt/

O Cine-Teatro Louletano é uma estrutura cultural no domínio das artes performativas da Câmara Municipal de Loulé e está integrado na Rede Azul – Rede de Teatros do Algarve e na Rede 5 Sentidos.

 

Ademar Dias

ÚLTIMAS

Há: 1 hora

Há: 3 horas

 

Localização

Rua dos Pelames - Terminal Rodoviário, 1º Andar 8800 Tavira, Portugal

 

 

 

 

 

Contactos

Telefone: +351 281 380 240

Emails:

Geral: horizontealgarve@gmail.com

Secretaria: horizontesecretaria@gmail.com

Redação: horizontenoticias@gmail.com

 
Zircon - This is a contributing Drupal Theme
Design by WeebPal.