N Engenheiros
3ª FLO – Feira do Livro de Olhão começa já este sábado

A Câmara Municipal de Olhão apostou, mais uma vez, no acrónimo FLO, que ganhou adeptos na comunicação social, para designar a sua Feira do Livro.

 

Vidreira Louletano

Infiltração Zero

A Câmara Municipal de Olhão apostou, mais uma vez, no acrónimo FLO, que ganhou adeptos na comunicação social, para designar a sua Feira do Livro.

A FLO 2018 mantém a estrutura de base que caracterizou a edição do ano anterior: sob o título “À noite, na FLO”, dois ou três autores encontram-se para falarem das suas obras, do seu labor literário, e para conversam com o público. A FLO mostra autores mais mediáticos e mais discretos, jovens e menos jovens, homens e mulheres, num estimulante diálogo literário.

No primeiro dia, sábado, 14 de julho, Miguel Miranda e Luís Ene partilham o que têm em comum – a escrita de romances policiais – e vão, certamente, descobrir outros interesses.

No dia 15, juntam-se Filipa Martins e Paulo M. Morais, dois autores que trabalham, na sua “outra vida” na comunicação social.

No dia 17, terça feira, Isabel Rio Novo conversa com António Manuel Venda: ambos se dividem entre o conto e o romance.

No dia seguinte, dia 18, João Luís Barreto Guimarães, Marco Mackaaij e Catherine Dumas vão conversar sobre como é escrever poesia, traduzir poesia e escrever sobre poesia.

Dia 19, uma professora de Física e Química e um professor de Música encontram-se no terreno da escrita: Manuela Sabino e Paulo Cunha na aventura dos livros.

No dia 20, Ana Cristina Leonardo e António Ladeira, que vivem longe das suas terras, conversam sobre a sua escrita, e no dia 21, Rita Ferro e Eduardo Jorge Duarte, que representam duas gerações de escritores, vão proporcionar, seguramente, uma estimulante conversa.

A FLO 2018 vai, ainda, no âmbito dos Encontros de Autores Residentes – iniciativa da Junta de Freguesia de Olhão - animar o regresso da praia, através das “Conversas ao fim da tarde”, de terça a sexta, às 18h00.

As crianças não ficaram esquecidas: no domingo, dia 15, às 18h00, Isa Catarina Mateus vai dinamizar a oficina “Brincar com papéis”; dia 16, às 17h00, Jorge Serafim vai contar histórias às crianças e, à noite, traz “Contos ao Serão”, precedidos por leituras escolhidas e interpretadas por Natacha Fernandes, aluna vencedora do Concurso Nacional Leitura 2018, na categoria de 3º Ciclo; dia 18, às 17h00, será a vez de Lígia Boldori trazer contos para crianças.

Dias 15, 17 e 19, o ator Alexandre Lopes abre as sessões “À noite na FLO”, com o espetáculo de teatro, canto e dança “Serenata em passeio”.

A noite do 1ª dia vai ter teatro, com o ator Virgílio Castelo a interpretar a peça de Victor Hugo, “O último dia de um condenado”, com encenação de Paulo Sousa Costa, uma atividade promovida pela Biblioteca Municipal José Mariano Gago, integrada nas comemorações do seu 10º aniversário.

Dia 20, sexta-feira, Carlos Alberto Moniz vem “Cantar poetas”, e, no dia 21, a FLO abre às 18h00, com o grupo Rockestra, e encerra com Sérgio Gonçalves e Amantes d’Fado a cantar Amália.

 

Ademar Dias

ÚLTIMAS

Há: 10 horas

Há: 16 horas

 

Localização

Rua dos Pelames - Terminal Rodoviário, 1º Andar 8800 Tavira, Portugal

 

 

 

 

 

Contactos

Telefone: +351 281 380 240

Emails:

Geral: horizontealgarve@gmail.com

Secretaria: horizontesecretaria@gmail.com

Redação: horizontenoticias@gmail.com

 
Zircon - This is a contributing Drupal Theme
Design by WeebPal.